9 April, 2019

José Roberto Tadros participa de sanção da Lei do Cadastro Positivo

José Roberto Tadros participa de sanção da Lei do Cadastro Positivo

Crédito: Sebrae Nacional

José Roberto Tadros participa de sanção da Lei do Cadastro Positivo

O presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e presidente do Conselho Deliberativo Nacional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), José Roberto Tadros, participou no dia 8 de abril, em Brasília, da sanção do Cadastro Positivo, iniciativa que deve beneficiar os pequenos negócios e reduzir o custo do crédito no País. A cerimônia, no Palácio do Planalto, foi conduzida pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. 

A lei torna automática a adesão dos brasileiros ao banco de dados que já existe desde 2011, reunindo informações sobre o histórico de crédito dos consumidores (pessoas físicas e jurídicas). A proposta, que estabelece pontuações para quem mantém as contas em dia, deve facilitar a concessão de financiamentos e, consequentemente, diminuir juros. Atualmente, segundo dados do Sebrae, o sistema contém dados de aproximadamente 6 milhões de clientes e deve receber o cadastro de 110 milhões de pessoas. 

Ainda de acordo com o Sebrae, uma estimativa das entidades que compõem a Frente do Cadastro Positivo mostra que as alterações efetuadas no sistema podem injetar, a médio prazo, até R$ 1,1 trilhão na economia, promover um aumento de R$ 790 bilhões (12% do PIB) na geração de negócios e incluir 22 milhões de pessoas no mercado de crédito. O potencial de contribuição do Cadastro Positivo para a expansão do mercado de crédito já foi comprovado em países como a Bélgica, Estados Unidos, México e Reino Unido.

 

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.